Produção

Produtor & Co-produtores

Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva

Produtor

O Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva abriu ao público em Julho de 1999. Integra a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, uma organização privada sem fins lucrativos. A Agência começou por ser um programa criado em 1996 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia português.

A Ciência Viva tem como missão divulgar a ciência e a tecnologia ao público e atua em três áreas principais: como espaço de contacto informal com a ciência, atraindo jovens para carreiras científicas e tecnológicas, como arena para a promoção da investigação atual e como espaço de participação e diálogo com os cidadãos, designadamente sobre temas presentes na vida quotidiana das pessoas. O Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva dispõe de uma área total de 11 000 m2. É um dos museus mais visitados de Portugal, com uma média de 300 000 visitantes por ano.

www.pavconhecimento.pt | www.cienciaviva.pt

Heureka

Co-produtor

Situado em Vantaa, na zona limítrofe da cidade de Helsínquia, Heureka, o Centro de Ciência finlandês, tem uma média de quase 300.000 visitantes por ano. O Heureka abriu as suas portas ao público em 1989.

Declaração de missão do Heureka: “Levamos a alegria da descoberta a toda a gente. Produzimos experiências de aprendizagem inspiradoras. Valorizamos a ciência, a inovação e a qualidade.” Em conformidade, o Heureka desenvolve e oferece exposições interativas de grande qualidade, as quais proporcionam uma exploração e uma aprendizagem práticas. A área de exposição interior do Heureka tem 3 500 m2 e a sua área de exposição exterior, o parque de ciência Galilei, estende-se por 8 000 m2.

www.heureka.fi

Universcience

Co-produtor

Criada em 2010, a universcience agrupa a Cité des Sciences et de l’Industrie e o Palais de la Découverte, as duas instituições que acompanham os cidadãos na sua jornada pelo novo século, com as suas importantes transformações económicas, ambientais e culturais.

Preservando as identidades das duas instituições que o compõem, esta nova entidade contribuirá para dotar todas as pessoas, independentemente da sua idade, dos meios necessários para encontrar novos comportamentos e ferramentas que permitam entender a complexidade e o ritmo acelerado do mundo.

Pretende despertar o “entusiasmo pela ciência” numa idade precoce, para que os jovens optem por carreiras técnicas e científicas. A Cité é o quarto museu mais visitado em França, depois do Louvre, de Versailles e do Centro Pompidou. Acolhe várias atividades distribuídas por 30 000 m2 de exposições interativas, workshops educativos e conferências, dispõe de um centro multimédia e recebe cerca de 3 milhões de visitantes por ano.

www.cite-sciences.fr